domingo, 12 de abril de 2009

Síndrome de Benedikt


A síndrome de Benedikt, também chamada de síndrome do núcleo rubro, que tem seu correspondente anatomo-patológico no infarto do tegmento do mesencéfalo, é caracterizada clinicamente por:
- paralisia ipsilateral do oculomotor (III) - lesão de suas fibras adjacentes ao núcleo rubro;
- hemiataxia/tremor cerebelar ou hemicoréia contralateral (lesão do núcleo rubro);
- hemiparesia contralateral (lesão de trato cortico-espinhal, no pedúnculo cerebral).

A lesão do núcleo rubro causa também interrupção de fibras eferentes do hemisfério cerebelar contralateral (núcleo denteado -> pedúnculo cereberal superior -> cruza o núcleo rúbro rumo ao tálamo ventral anterior e ventro-lateral). Pode ter causas isquêmicas, hemorrágicas, neoplásicas ou infecciosas (tuberculose). A oclusão eventualmente pode ser demonstrada na artéria cerebral posterior.


A descrição é atribuída a Moritz Benedikt, professor de neurologia da Universidade de Viena, publicada no French Bulletin Médical em 1889. Charchot adicionou novas observações à síndrome ao estudar alguns pacientes no Hospital Pitié-Salpêtrière, em Paris, na década de 1890.

Saiba mais em:

Um comentário: