sábado, 4 de abril de 2009

Critérios para o uso de metotrexate em gestação ectópica

Há grandes  divergências na literatura sobre quais os critérios de indicação de terapia não-cirúrgica para o tratamento da gestação ectópica.
É necessário, primeiro, por razões óbvias, que a paciente esteja estável hemodinamicamente e que não tenha evidências de ruptura tubária ou hemoperitônio, como líquido livre no fundo de saco posterior.
Em geral, o diâmetro do saco gestacional preconizado, com o qual se obtém os melhores resultados, é menor que 3,5 cm.  Há autores que afirmam que o valor do beta-HCG deveria ser menor que 10.000 mUI/mL, outros que deveria estar abaixo de 5.000 mUI/mL. 
Outros critérios que são de relativo consenso: idade gestacional menor que 06 semanas e ausência de batimentos cardíacos fetais ao US com Doppler.

Se os níveis de beta-HCG já estiverem em uma curva decrescente, também é possível optar pelo simples acompanhamento, pelo tratamento expectante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário