quinta-feira, 26 de março de 2009

Satisfação do paciente e postura do médico

Estou escrevendo uma revisão de estudos de psicologia experimental sobre a influência da postura do médioa, representada por todos seus recursos de comunicação não-verbal, sobre desfechos clínicos, como taxa de retorno à consultas, satisfação e mesmo adesão ao tratamento proposto. São dados interessentíssimo, que se adotarmos precocemente, desde a nossa formação como médico, poderiam trazer benefícios incontáveis!
Segue um exemplo de um artigo que trata muito bem de questão, do Journal of American Board of Family Practice:

Nenhum comentário:

Postar um comentário